...
Home / Vistas / Torre VTS

Torre VTS

A Torre de Pisa portuguesa

É uma estrutura esteticamente inovadora com as suas linhas cativantes, desafia a gravidade com a sua inclinação, suscitando aplausos a uns e a repulsa a outros.

A Torre VTS vista desde o Tejo

O Centro de Controlo de Tráfego Marítimo, VTS – Lisboa, gere a navegação dento da área de jurisdição da Administração do Porto de Lisboa – fornece informação e aconselha os navios que naveguem no estuário do Tejo e na aproximação a este – até um raio de 16,5 milhas náuticas (aproximadamente 27 km), centrado no VTS – Lisboa e tendo como limite montante a Ponte Vasco da Gama.

Desse modo, os controladores, através de câmaras de vigilância, radares, sensores, entre outros equipamentos de apoio, recebem dados que lhes permitem monitorizar e controlar o movimento marítimo. Além disso, cabe-lhes também a gestão dos cais de acostagem.

Ladeada pelas águas do Estuário do Tejo, a Torre VTS do Porto de Lisboa situa-se em Algés, na ponta de um molhe de um porto de abrigo artificial. É suportada por 25 estacas com 1 metro de diâmetro e 20 metros de comprimento, afundadas 2 metros no fundo basáltico.

A Torre VTS, projetada pelo arquiteto Gonçalo Byrne, venceu o prémio municipal de arquitetura Conde de Oeiras. Segundo o júri, «um gesto simples, geometricamente claro, com um tratamento e pormenorização de fachada original e cuidado, facto que lhe confere uma singularidade notável. Assim, o rigor e a qualidade do projeto são ainda visíveis ao nível da pormenorização e opções de acabamentos».

Atualmente acomoda também o observatório de Golfinhos no Rio Tejo.

Experiências relacionadas

"O barco de cada um está dentro de seu próprio peito (Couto, Mia)." Descubra o seu barco e o marinheiro que há em si.
Todas as Experiências
Ilustração de um veleiro com o sol no céu

Venha descobrir este e outros tesouros… de um ângulo nunca visto, a bordo de um dos nossos veleiros. 

Seraphinite AcceleratorOptimized by Seraphinite Accelerator
Turns on site high speed to be attractive for people and search engines.