Início » Vistas » Mosteiro de S. Vicente de Fora

Mosteiro de S. Vicente de Fora

A sua vista panorâmica permite uma visão única da cidade de Lisboa e do rio Tejo

Com mais de 800 anos de história, o mosteiro de S. Vicente é um belo exemplo de arquitetura manuelina e barroca e abriga uma série de tesouros artísticos e históricos.

Mosteiro de São Vicente de Fora visto desde o rio Tejo

O Mosteiro de São Vicente de Fora é um dos principais pontos turísticos de Lisboa, situado na colina de São Vicente, no bairro de Alfama, muito próximo do Panteão Nacional e da Feira da Ladra.

Durante o cerco a Lisboa, em 1147, D. Afonso Henriques – O primeiro rei de Portugal – fez uma promessa: caso conquistasse a cidade mandaria erguer um mosteiro dedicado a São Vicente, um santo muito venerado e mais tarde tornado santo padroeiro de Lisboa. Esse mosteiro medieval, fundado no mesmo ano, do lado de “fora” das muralhas da cidade e justificando assim a toponímia do edifício.

Durante o século XIII destaca-se a passagem de Santo António pelo Mosteiro de São Vicente de Fora, onde viveu os seus primeiros tempos enquanto monge.

A Sacristia do Mosteiro de São Vicente de Fora
A Sacristia é um dos locais mais impressionantes da visita

Desde a sua fundação, no século XII, até aos nossos dias, muito mudou na arquitetura da igreja e Mosteiro de São Vicente de Fora. Do primitivo mosteiro ao projeto megalómano de D. Filipe I de Portugal, passando pelas artes decorativas da dinastia de Bragança e até à readaptação do mosteiro como espaço museológico no século XX.

Características

O mosteiro é conhecido pela sua fachada ornada com elementos decorativos, incluindo colunas, arcos e esculturas; pelos dois claustros a sul da igreja que se encontram revestidos com painéis de azulejos; pela sua sacristia ainda utilizada atualmente e considerada o ex-libris do mosteiro devido à sua decoração com mármores coloridos embutidos, do século XVIII; e a cisterna cuja construção data do século XII sendo o principal vestígio do que resta do mosteiro medieval fundado por D. Afonso Henriques e que tinha como principal função armazenar a água das chuvas que seria utilizada nas lides domésticas do mosteiro.

O Mosteiro de São Vicente de Fora apresenta uma variada oferta cultural no campo da arquitetura e das artes plásticas.

Escadaria com azulejos no Mosteiro de São Vicente de Fora
Os azulejos estão presentes em muitas áreas do mosteiro

Destaca-se sobretudo a coleção de magníficos azulejos, sendo uma das maiores do mundo. São cerca de 100 mil azulejos e encontram-se in situ, revestindo as paredes e as escadarias do mosteiro. Aqui podem-se encontrar todos os períodos da azulejaria barroca, desde o século XVII, com exemplares da famosa Real Fábrica de cerâmica, até à única coleção de Fábulas de La Fontaine em azulejo de Portugal.

Vista sobre Lisboa e o Tejo desde o topo do Mosteiro de São Vicente de Fora
As vistas panorâmicas são únicas

Hoje, o Mosteiro de São Vicente de Fora é um importante ponto turístico de Lisboa e está aberto ao público para visitas guiadas. É o lugar ideal para aqueles interessados em arquitetura, arte e história. Além disso, a vista do mosteiro é também uma atração, permitindo uma panorâmica única da cidade de Lisboa e do rio Tejo.

Experiências relacionadas

"O barco de cada um está dentro de seu próprio peito (Couto, Mia)." Descubra o seu barco e o marinheiro que há em si.
Todas as Experiências
Ilustração de um veleiro com o sol no céu

Venha descobrir este e outros tesouros… de um ângulo nunca visto, a bordo de um dos nossos veleiros.